O fim do mundo não era em 2012 ?

China prepara espaçonave para detonar possível asteroide que vier de encontro à Terra.

As chances de uma colisão são muito remotas. Apesar disso, pesquisadores da Universidade de Tsinghua, em Pequim, revelaram a intenção de construir uma espécie de veículo espacial para destruir um asteroide que pode passar próximo ao nosso planeta em 2036.

A preocupação com uma possível colisão é justificável: seus efeitos certamente seriam desastrosos. O asteroide, denominado de 99942 Apophis, tem cerca de 500m de extensão e pesa mais de 46 milhões de toneladas. Embora estudos mostrem que o gigante deva passar longe da Terra por volta de 2029, alguns cientistas afirmam que há a probabilidade de uma fenda de ressonância gravitacional (em inglês, o termo comumente usado é gravitacional keyrole) alterar sua rota, o que poderia resultar em um impacto em 2036. De acordo com a Nasa, a chance de que esse evento ocorra, porém, é de 1 em 250 mil.

Mesmo tão improvável, parece que os chineses não querem arriscar. A proposta, no entanto, não inclui a destruição completa do asteroide, mas sim o desvio de sua rota antes do encontro com a fenda de ressonância gravitacional. Assim, os pesquisadores eliminariam a remota probabilidade de uma vez por todas.

Anúncios