Os Canais mais e menos visto na TV Por Assinatura:

Veja abaixo a tabela referente ao mês de Agosto:

Em números: de cada 100 TVs por assinatura ligadas no Brasil, mais de 60 sintonizam os canais abertos na maior parte do tempo. O F5 obteve dados inéditos sobre a TV paga. A tabela abaixo lista 10 canais mais vistos na TV “fechada” em agosto, entre 7h e 0h. Agosto é considerado um mês “padrão”, pois não tem férias, feriados ou grandes efemérides.

O universo da pesquisa
Foram analisados os oito principais mercados entre os 14 que compõem o Painel Nacional de Televisão (PNT). São esses oito: São Paulo, Rio, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Florianópolis e Campinas. Nessa praças o ibope constatou que existem no total 13,9 milhões de domicílios com TV, sendo que 3,9 milhões pagam TV por assinatura. Vamos ao gráfico:

1º Globo 37%
2º Record 11%
3º SBT 6.4%
4º Band 3.7
5º Discovery Kids 3.1%
6º Sportv 2.6%

Abaixo de zero
A lista que você verá a seguir mostra os 20 canais com menos share. Share é a participação ou porcentagem de audiência de um canal no universo das TVs ligadas. Apesar da lista, acredite, há outros em situação ainda pior, e que não estão no ranking simplesmente porque o ibope não consegue registrar sua existência. Entre esses está o Foxnews e canais temporários, SporTVs 3,4, 5 etc). Vamos à tabela.

Arte Folha/F5

TV estatal e mumificada no ibope
O que mais chama atenção na lista acima é que o privado e sofisticado canal MaxHD, que custa um adicional no pacote do assinante, já supera em audiência a estatal TV Senado, que custa um adicional, isso sim, no bolso da sociedade. O MaxHD é mais visto que a TV Senado em 0,01 ponto percentual.

Reprodução
O granto ator da TV Senado
Um dos atores da TV Senado

Outras no fim da fila
A TV Câmara, que se safou por pouco da lista, registra 0,1% de audiência (oh! quase o dobro dos fantasmas da TV Senado!). O que isso significa? Em poucas palavras, que estamos jogando dinheiro no lixo. Uma emissora apenas seria de bom tamanho para os Três Poderes. E nem vamos nos estender sobre a TV Brasil, esse cabidão de empregos governista, criada por uma mente arcaica e esbanjadora: custa mais de R$ 400 milhões por ano e, assim como suas congêneres estatais, beira ‘traço’.

Sucesso desde o lançamento
Por outro lado, os números de ibope do recém-lançado Viva, canal de reprises da Globo, também continua a surpreender. Parece pouco o 0,80% de share do Viva, mas o jovem canal está a apenas 0,06 ponto percentual de distância do veterano Globonews.

Fonte: Portal Folha de SP

Anúncios

2 comentários sobre “Os Canais mais e menos visto na TV Por Assinatura:

  1. Eu tinha parado de ler o site da NeoTV por motivo político. Como eu já não lia mais o TV Magazine (por motivo de idolatria à Globo) nem o ArenaNews (porque não me permitiram participar do fórum, e o fórum também estava lotado de conteúdo político ideológico), só me restava o TV a Cabo Digital.

    Pelo visto, devido ao comentário sem fundamento, direitista e infeliz em relação às TVs estatais, vou ter que deixar de ler TV a Cabo Digital também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s