A Revolução da TV Parte 1: A NOVA ERA DIGITAL

Estamos passando por períodos de grandes mudanças, como principal exemplo a economia do país, que acabou ocasionando a perda de milhões de assinantes desde o ultimo semestre, a tv por assinatura no Brasil que tinha cerca de 21 milhões de assinantes este numero despencou para pouco menos de 19 Milhões e o índice está só a piorar devido as alternativas que os telespectadores encontram para economizar e não perder seu entretenimento. Acompanhe agora esta matéria especial e exclusiva do TAD, sobre as alternativas e a revolução tecnológica que hoje nos permite economizar sem perder conteúdo e entretenimento!

A QUEDA EM EXPANSÃO: TV POR ASSINATURA REGISTRA RECORD EM QUEDA!

A expansão dos serviços over-the-top (OTTs) e o agravamento da crise econômica no país continuam impactando a TV tradicional. Prova disso é que o mercado de TV por assinatura perdeu meio milhão de usuários em apenas quatro meses, numa das maiores crises já enfrentadas pelo setor nos quase 25 anos de operação no Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), de julho a novembro de 2015 as operadoras totalizaram pouco mais de 19 milhões de assinantes, uma queda de 2,5% em relação ao número de clientes que tinham até o sexto mês do ano passado. O pico aconteceu em novembro, quando as prestadoras perderam mais de 232 mil assinantes em 30 dias. Todas as operadoras registraram queda no período.
Pela primeira vez, NET e Claro fecharam um mês com menos de 10 milhões de assinantes (9.989.447, ou 97.817 a menos do que em outubro), embora elas tenham ganhado participação no mercado de TV a cabo em novembro (foram de 52%, em outubro, para 52,12%). A Sky, segunda maior operadora do país, registrou redução de 67 mil em sua base e fechou o mês com 5,4 milhões de pagantes. No final de julho do ano passado, a ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura) previa fechar 2015 com “crescimento zero”. De fato, a oscilação na base de assinantes durante o primeiro semestre foi pequena.
O setor perdeu assinantes em alguns meses e ganhou em outros, mas no geral as quedas foram sucessivas mês a mês.
Esta não é a primeira vez que a indústria brasileira de TV por assinatura sofre uma perda acima de 500 mil consumidores. Em 2003, por exemplo, o mercado perdeu 300 mil usuários. No entanto, a base de assinantes naquela época era inferior a 4 milhões de domicílios, e como o setor é muito mais sólido atualmente, os efeitos dessa redução no número de assinantes são maiores porque mais pessoas possuem esse tipo de serviço em suas casas.
Netflix se diz contra regulamentação das OTTs e teme ações das operadoras Além de muitas famílias não conseguirem mais pagar as mensalidades da TV a cabo, outro fator que contribuiu para a diminuição de assinantes na TV paga é a popularização da internet e de plataformas online focadas no streaming de vídeo, como a Netflix. Na opinião das operadoras, esses serviços, além de reduzir a base de usuários da TV por assinatura, não paga os mesmos impostos que elas, o que consequentemente reduz os custos operacionais dessas empresas, aumentando seus lucros.
O governo já estuda regular esse tipo de serviço no país. Segundo o último relatório divulgado pela Netflix, a companhia teve receita de US$ 1,8 bilhão e lucrou o equivalente a US$ 43 milhões no quarto trimestre de 2015. Durante todo o ano passado, especula-se que a plataforma, atualmente com cerca de 4 milhões de assinantes brasileiros, tenha faturado cerca de R$ 1 bilhão, valor superior ao faturamento de outras emissoras da TV aberta, como o SBT.

Fonte: Canal TECH.
*TELESPECTADOR PROCURA POR ALTERNATIVAS ONLINE PARA ECONOMIZAR SEM PERDER SEU ENTRETENIMENTO:

1º Dispositivos de Streaming (Acesso a conteúdo Digitais/Internet direto na TV)

>O CHROMECAST

O Chromecast é uma excelente opção para transformar TVs comuns em TVs inteligentes. Com tamanho similar a um pen drive, o acessório pode ser usado para ver na TV uma variedade de conteúdos da internet, de modo simples e rápido.

O Google Chromecast HDMI Streaming é uma das maiores inovações da Google nos últimos anos. A ideia é muito simples e extremamente cativante: transformar qualquer TV HD com entrada HDMI em uma Smart TV.

É um dispositivo desenvolvido e patenteado pela empresa Google, que ao ser conectado ao HDMI do aparelho televisor e ao wi-fi permite que a interação entre os demais aparelhos eletroeletrônicos e tecnológicos de sua casa como smartphones e tablets. Além disso, após o estabelecimento da conexão é possível utilizar e acessar alguns recursos da internet na própria TV.

Após a conexão você poderá:

  • Transferir dados do smartphone ou tablet para ver na TV;
  • Assistir aos vídeos e ver as fotos que se encontram nesses equipamentos;
  • Ter acesso a conteúdo online na sua TV como: YouTube, Netflix, Vevo, Rdio, músicas e o navegador Chrome;

Use o Chromecast para ver vídeos guardados no computador

O Chromecast é mais conhecido por permitir que o usuário veja vídeos do YouTube, Netflix e outros serviços. Mas também é possível usar o acessório para ver na TV vídeos guardados no computador ou notebook.

Para isso, basta instalar a extensão do Chromecast no navegador Chrome de seu computador. Com ela instalada, é possível ver na TV qualquer conteúdo aberto na aba do Chrome de seu notebook ou PC. E, como o Chrome abre diversos tipos de arquivos de vídeo, basta escolher o vídeo desejado e abri-lo no Chrome, por meio do comando Ctrl+A.

Essa reprodução de vídeo está sujeita a engasgos, dependendo da velocidade do Wi-Fi da casa, da distância entre o computador e o Chromecast e outros fatores. Se for este o caso, você pode reduzir a qualidade do vídeo para garantir a velocidade. Para isso, clique com o botão direito do mouse sobre o ícone da extensão do Chromecast e escolha “Opções”. Na tela seguinte, reduza a qualidade do vídeo.

Levar o Chromecast para casa de amigos

Uma das maiores vantagens do Chromecast é a portabilidade. Ele é uma excelente alternativa para aquela maratona de seriados na casa de amigos. Basta conectar o acessório à TV e à rede sem fio do seu amigo e usar sua conta do Netflix ou outro serviço compatível para ver o que quiser na TV de seu colega.

Use o Chromecast como DJ

Quem tem um bom home theater conectado à TV pode usar o Chromecast para animar o ambiente sem depender de arquivos MP3 ou CDs. Basta conectar o acessório à TV e usar apps de serviços de streaming como Deezer e Spotify para transferir as músicas diretamente para as caixas de som do home theater.

Leve o Chromecast em viagens

A TV do hotel só tem canais ruins? É possível usar o Chromecast para contornar esse problema. Pequeno e fácil de carregar, ele funciona com qualquer TV moderna. O único problema é que você provavelmente terá que usar a conexão 3G/4G do seu celular e criar uma rede sem fio (hotspot) a partir dele, já que a maior parte das redes sem fio de hotéis bloqueiam o funcionamento do Chromecast.

Em alguns hotéis menores ou pensões, com redes Wi-Fi configuradas de modo similar a uma rede caseira, é possível que o Chromecast consiga se conectar à internet por meio da rede local.

Use o Chromecast no lugar do projetor

Quem vive fazendo apresentações corporativas por aí sabe como é. A famosa sala do projetor está sempre ocupada, ou o projetor está em outra sala, ou não funciona. Com o Chromecast, você pode fazer suas apresentações em uma sala com TV, sem a necessidade de um projetor.

Para isso, o primeiro passo é conectar o Chromecast à TV e à rede local. Depois, no notebook, abra o navegador Chrome. Clique na extensão do Chromecast e uma janela aparecerá. Nessa janela há uma discreta seta no canto superior direito.

Clique na seta e, escolha a opção “Cast entire screen”. Pronto, agora o Chromecast está recebendo exatamente a mesma imagem da tela do computador. Basta abrir o PowerPoint e iniciar sua apresentação para que ela seja exibida na TV.

Se sua apresentação foi criada no Google Drive, é mais fácil ainda enviá-la para a TV. Basta abri-la, clicar na seta ao lado do botão Apresentar e escolher a opção “Apresentar em outro dispositivo” para enviar a apresentação para o Chromecast e, consequentemente, para a TV.

Jogue Angry Birds e outros games na TV

Reprodução

Chromecast pode reproduzir tela do computador na TV

Até recentemente, o Chromecast só podia enviar para a TV conteúdos de apps compatíveis instalados no celular. Mas uma atualização recente agora permite que o Chromecast seja usado para enviar conteúdo da tela do smartphone para a TV.

A lista de celulares e tablets compatíveis com essa função ainda é pequena, mas inclui os modelos mais sofisticados da Samsung e da LG, incluindo Galaxy S4, S5, Note III, LG G2 e G Pro 2 (veja a lista completa de aparelhos suportados).

Se seu dispositivo é compatível, baixe a versão 1.7 do aplicativo do Chromecast. Com o app instalado, basta abri-lo e tocar no botão Cast Screen para que a tela do smartphone seja projetada na TV. Com isso, você poderá jogar games no seu celular e ver os gráficos na TV.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s