Momento de Reflexão: 10 passos para recomeçar

Você estragou tudo. Perdeu o que investiu, perdeu o bom nome, perdeu relacionamentos. Seus erros lhe levaram para o buraco. Você tem dúvidas até se Deus lhe perdoará e dará uma nova chance.

Tenho boas notícias e más notícias para você.

A boa é que Deus está sempre pronto para lhe dar uma nova chance, desde que você sinceramente queira mudar. A má é que se você feriu outras pessoas, elas poderão não lhe dar uma nova chance. É o risco que você corre e o preço que poderá ter que pagar por seus erros.

No entanto, se você quer se dar uma nova chance, eis aqui algumas coisas que pode fazer para recomeçar—não necessariamente nesta ordem:

  1. Pare de ficar lamentando o passado. A solução está no agora, não no que já aconteceu

  2. Corte o contato com pessoas que só lhe ajudam a afundar mais; busque ajuda daqueles que realmente querem lhe ajudar a se levantar

  3. Não tente consertar tudo de uma vez. Você levou tempo para estragar sua vida e levará tempo para reconstruí-la. Não espere resultados rápidos

  4. Comece a fazer o que é certo já, agora. Uma coisa, um passo, uma decisão. Mais tarde, mais um passo. Decisões corretas, mesmo que pequenas, acumulam o benefício, até que a mudança acontece

  5. Escrever seus objetivos num papel e olhá-los ativamente, todos os dias, ajuda muito. Não pergunte por quê—apenas faça

  6. Não confie demais em sua própria força. Busque forças em Deus. É impossível exagerar a importância disso

  7. Não espere que as pessoas creiam de repente que você mudou. Só reconquistará a confiança delas se seu novo comportamento for consistente

  8. Se achar que está muito difícil mudar, lembre-se das consequências de não mudar. Escreva-as, se preciso, só para não esquecer.

  9. Todas as vezes que um pensamento negativo vier à mente, confesse DUAS coisas positivas, com mais convicção ainda. Não pergunte por quê—apenas faça

  10. Se tropeçar, comece de novo. Não desista. Se você foi persistente e corajoso para errar, também pode ser para acertar

Alguns talvez perguntem por que não há nesta lista um passo sobre pedir perdão a quem ofendeu. Se quiser, sim, vá em frente. Mas só crerão mesmo no seu arrependimento se você agir sobre estes passos e assim mostrar que mudou. Dizer “me perdoa” e continuar no erro é pior do que não dizer nada. Por isso seguir os passos é a melhor maneira de pedir perdão.

 fonte>  http://www.bprenatocardoso.com

Momento de Reflexão “Não sei o que é melhor”

Às vezes você não vai saber qual a melhor decisão tomar. A opção A parece tão boa ou ruim quanto a opção B. É nessa hora que você vai desejar que tivesse poderes de prever o futuro. (Cartomantes e videntes fazem seu negócio desse desejo e inquietude das pessoas.) Mas o fato é que você não tem esse poder. Então, o que fazer?

Informe-se o melhor possível sobre as suas opções. Pergunte. Investigue. Suponha. Considere o cenário mais drástico. Pondere sobre adiar a decisão (às vezes, não fazer nada é a opção C).

Porém, chegue a um ponto onde você finalmente toma a decisão. Defina-se. Ainda que não tenha 100% de certeza que é a melhor decisão, esteja 200% certo de que ficar paralizado pela dúvida é a pior opção. Portanto, decida e não olhe mais para trás. Ponha toda sua força nessa decisão.

É assim que você vai sair da angústia de não saber o que é melhor.

 

fonte: http://www.bprenatocardoso.com

Momento de Reflexão todos os Domingos no TAD 

 

Momento de Reflexão “Iniciativa não se ganha, se toma”

Ninguém pode lhe dar iniciativa. Isso é algo que você tem que tomar por si mesmo.

  • Seja mais ousado
  • Arrisque mais
  • Não tenha medo de parecer ridículo, de vez em quando
  • Abra a boca e fale ao invés de calar
  • Compareça inesperadamente
  • Experimente coisas novas
  • Seja o primeiro a reagir
  • Aceite mais desafios
  • Não espere ser mandado

Isso é tomar iniciativa.

 

fonte: http://www.bprenatocardoso.com

 

Momento de Reflexão “Nocauteando seu cérebro”

O coração é mais enganoso que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem poderá decifrá-lo? Porém, Eu, o Senhor, examino o coração e provo os pensamentos, até a raiz. Eu recompenso as pessoas pelo que elas realmente são, e não pelo que fingem ser.” Jeremias 17.9,10 (BRCV)

Há uma guerra constante entre o seu coração e a sua mente; seus sentimentos e sua razão; suas emoções e sua inteligência.

Embora a ilustração acima seja muito engraçada, ela poderia enganosamente lhe levar a pensar que o coração é mais forte que a mente. Mas isso só acontece quando você o permite. Na realidade, sua mente é muito, muito mais forte que seu coração.

Mas qual dos dois vencerá?

O que você usa com mais frequência. Assim como acontece com qualquer músculo, sua mente ou seu coração se tornam mais fortes com o uso. Use o seu coração, suas emoções, seus sentimentos com mais frequência, e eles serão mais fortes. Use sua mente, sua razão, sua inteligência com mais frequência, e elas prevalecerão.

 

fonte: http://www.bprenatocardoso.com

Momento de Reflexão “Se eu pudesse voltar atrás…”

Quando erramos, o peso da culpa é muitas vezes o que nos impede de se levantar. As vozes acusadoras parecem que nunca vão se calar. De repente sentimos como se todos os olhos estivessem sobre nós, como holofotes. Vergonha. Raiva. Ódio dos outros e de nós mesmos. Sentimo-nos a pior das criaturas. As coisas nunca mais serão como eram antes, pensamos.

Mas temos que lembrar do seguinte: O significado da palavra Satanás é “acusador”. O que faz o pintor? Pinta. O que faz o cantor? Canta. O que faz Satanás? Acusa. Esse é o seu trabalho, sua profissão, sua especialidade.
O pintor vê uma parede suja ou inacabada e logo quer pintá-la. O cantor ouve uma bela canção e logo quer cantá-la. Satanás vê um pecador errando e logo quer acusá-lo. Esse é o seu trabalho, sua profissão, sua especialidade. Por isso todo o bombardeio de pensamentos acusatórios e aquele peso imenso na consciência.
Porém, Deus nos chama do outro lado oferecendo o perdão. Parece bom demais para ser verdade, eu sei. Mas nós não precisamos entender; apenas aceitar.
Você que está aí se culpando, tem sido um boneco na mão do acusador, está com um peso enorme nas suas costas por causa dos seus erros, más decisões, e caminhos errados… PARE! Use sua inteligência. Há uma saída para você. Você pode dar meia-volta AGORA e voltar para os braços do Pai, lá para o início de tudo.
Faça uma oração agora aí onde você está, ou procure um lugar privado, e imediatamente peça perdão a Deus. Esvazie seu coração desse peso, confesse tudo, e aceite o perdão de Deus. Perdoe quem lhe feriu. Em seguida, volte para os braços d’Ele. Volte para o início de tudo, para onde você O encontrou, e retome a prática das primeiras obras.
O perdão e o levantar são trabalho de Deus, Sua missão, Sua especialidade!

Momento de Reflexão “Fé Amarrada”

Uma das maiores barreiras à fé cristã é a posição indefinida. O indefinido nunca sabe o que quer.
Não sabe onde quer chegar, não tem visão, nem entendimento da vontade de Deus para sua vida.
Isso porque seu caráter é indefinido. Sua maneira de ser é indeterminada. Nem sim, nem não.

Como Deus irá usar alguém indeciso?
Alguém como as ondas do mar, que vão e vêm, indefinidamente.

Os seguidores do Senhor Jesus têm de viver de fé em fé.
Porém, os indecisos ou indefinidos vivem de indecisão em indecisão. Inclusive nas escolhas mais insignificantes, como a roupa que vai vestir ou o sapato que vai calçar.

O fato de ter Jesus como Salvador não anula esse tipo de ser. Às vezes, até atrapalha. Porque causa sensação de que as coisas vão mudar por si mesmas. Ficam à espera de mágicas Divinas.

Esse tipo de cristão, consciente ou inconscientemente, tem até se tornado aliado de satanás na ceifa dos sinceros na fé. Porque transferem indecisão, medo, insegurança e fraqueza.
Razão porque poucos conquistam pela fé e a maioria fracassa na fé cristã.

Tiago considera essa gente como o “homem de ânimo dobre, inconstante em todos os seus caminhos.” Tiago 1.8
“…e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração.” Tiago 4.8

Chama-se de ânimo dobre alguém fingido, que revela diferentes sentimentos, segundo o fim que mais lhe convém.

De que adianta crer na Palavra de Deus, no Senhor Jesus e não definir na fé?

De que adianta crer em Deus e não assumir sua crença de forma clara, objetiva e incisiva diante do mundo e do inferno?

Procure na Bíblia uma única pessoa usada pelo Espírito Santo que tenha sido indefinida no caráter e na fé?

Ele mesmo, por meio de Paulo, diz:
“Um faz diferença entre dia e dia; outro julga iguais todos os dias. Cada um tenha opinião bem definida em sua própria mente.” Romanos 14.5

E você, meu caro, qual é a sua fé?
Até quando vai coxear entre dois pensamentos?

fonte: http://www.bispomacedo.com.br